Corporativo > Tecnologia & Inovação

Creative Startups, da Samsung, incentiva empresas com foco em educação para o público infantil

on 13-06-2018
Compartilhar

http://bit.ly/2sWLjTC

Em parceria com a Anprotec, programa investe em projetos que desenvolvem brinquedos lúdicos e digitais para estimular a aprendizagem das crianças

imagem meramente corporativa

 

O setor educacional é um dos mais abertos para inovações tecnológicas que estimulem alunos e professores a criarem um ambiente escolar mais divertido e engajador. Essa é a proposta de duas empresas participantes da edição 2018 do Creative Startups, programa de aceleração de startups da Samsung e Anprotec (Associação Nacional de Entidades Promotoras de Empreendimentos de Tecnologias Avançadas).

 

Um exemplo é a Dreamkid Studio, produtora de material educativo digital e lúdico, que está entre as startups selecionadas pelo programa. A empresa nasceu em 2015, dentro do Samsung Ocean, em Manaus, e cria jogos educacionais que podem ser instalados em dispositivos móveis, como tablets e smartphones, para desenvolver habilidades do público infantil. No programa de aceleração, a startup se inscreveu com o projeto Felt, uma ferramenta gameficada que reúne práticas de educação emocional e mindfulness (atenção plena), de forma lúdica e envolvente com realidade aumentada, para auxiliar psicólogos na intervenção com pacientes de 4 a 7 anos.

 

“Participar do Creative Startups representa uma oportunidade para unir os sócios da empresa, que antes seguiam carreiras paralelas, e isso ajudou muito no desenvolvimento de nossos produtos. Observamos novas possibilidades e explorarmos novos caminhos, como, por exemplo, criar uma solução para atender psicólogos que assistem crianças autistas”, explica Barbara Nicolau, fundadora e CEO da Dreamkid Studio.

 

A Guimo é outro caso de startup que tem investido em educação e que surgiu no final de 2015, no Startup Weekend Maker da Universidade Federal de Itajubá, evento internacional voltado para a criação de ideias de negócios e prototipagem. A empresa lançou o Guimo, “smart toy” (brinquedo inteligente) que, conectado por Bluetooth a um aplicativo instalado no smartphone, será o companheiro de crianças de 6 a 12 anos para ensinar programação de forma mais divertida para que o usuário interaja e desenvolva o brinquedo.

 

“O setor educacional para o público mais infantil, abaixo de 12 anos, carece de inovações. Por isso, optamos por investir neste nicho e vimos que a melhor forma era com brinquedos. O nosso desafio é preparar essas crianças, que são nativos digitais e aprendem muito rápido programação, para enfrentar os problemas no futuro, seja para se tornar um programador ou seguir outras carreiras”, explica Caio Rocha, co-fundador da Guimo.

 

“A cada edição, o programa inclui novas startups com projetos inovadores em diferentes áreas, como educação, meio ambiente, saúde, entre outras. A proposta é mostrar que a tecnologia pode ser usada de maneira a preparar o caminho para um futuro melhor e mais inclusivo”, afirma Paulo Quirino, Coordenador Nacional do Programa Creative Startups na área de Pesquisa e Desenvolvimento da Samsung.

 

O Creative Startups é uma iniciativa da Samsung em parceria com a Anprotec. O programa já avaliou mais de 400 candidatos em áreas diversas, entre elas realidade virtual, saúde digital, educação digital, bem-estar, wearables, convergência e Internet das Coisas (IoT).  Mais de 20 startups já foram beneficiadas pela iniciativa com investimentos diretos, suporte, infraestrutura, incubação, aceleração, mentorias e acesso a tecnologia e investidores.

http://bit.ly/2sWLjTC

Para temas relacionados a Atendimento ao Consumidor, por favor, acesse samsung.com/br/support.
Para solicitações de imprensa contate: samsungpr@maquinacohnwolfe.com

Mapa do site

Topo