Estudantes de Ocara, no Ceará, concorrem a Prêmio da Samsung com maquinário inovador que separa a castanha do caju

on 04-11-2021
Share open/close
URL copiado

Projeto finalista do Solve For Tomorrow também contribui para a diminuição da evasão escolar no período de colheita

 

Um grupo de quatro alunos da Escola Estadual de Educação Profissional Maria Môsa da Silva, localizada em Ocara, no Ceará, desenvolveu um protótipo de descastanhador capaz de separar a castanha-de-caju sem danificar o fruto. O projeto está entre os 10 finalistas do Prêmio Respostas para o Amanhã, versão brasileira do programa global da Samsung, o Solve For Tomorrow, que desafia alunos e professores da rede pública de ensino a desenvolver soluções inovadoras por meio da abordagem STEM (sigla em inglês para Ciências, Tecnologia, Engenharia e Matemática). A coordenação geral é do Cenpec.

 

A equipe desenvolveu um maquinário que aprimora o processo de separação da castanha, tornando essa prática mais rápida e sem danificar a fruta. De acordo com os estudantes, os maquinários já existentes costumam desperdiçar parte do fruto durante o processo de remoção e, com o descastanhador desenvolvido por eles, as famílias que trabalham na colheita podem acelerar esse processo e expandir a renda, vendendo também o caju.

 

Segundo a professora de química e orientadora do grupo, Hilma Bezerra, o protótipo também resolve outros problemas locais, entre eles a evasão escolar no período de colheita. “É um trabalho manual e difícil, por isso, os alunos costumam faltar às aulas para ajudar a família. Com o maquinário, é possível descastanhar até três frutos de uma vez. Além disso, o processo convencional é feito em uma posição corporal inadequada, que pode causar danos à saúde. Pensando nisso, o nosso protótipo foi construído para permitir que o trabalho seja realizado em uma posição mais confortável”, explica.

 

Com funcionamento comprovado pelos testes já realizados, agora a equipe está empenhada em uma atualização para que o protótipo trabalhe com até seis frutos simultaneamente, de forma a aumentar a eficiência do processo e contribuir ainda mais para a renda das famílias produtoras. Além disso, os estudantes querem aplicar melhorias no tamanho e no peso do maquinário, para facilitar sua mobilidade e transporte, assim os trabalhadores podem carregá-lo para outras regiões de colheita com mais facilidade.

 

 

“Observamos nesse projeto um grande exemplo de como a abordagem STEM pode ser aplicada na solução de problemas reais enfrentados pela população local. Com o protótipo desenvolvido pelos alunos de Ocara, são analisados problemas na economia, na educação e na saúde de uma só vez, demonstrando o pensamento crítico e colaborativo. E esse é o nosso objetivo com o Solve for Tomorrow: estimular jovens de todo o País a desenvolverem soluções criativas e inteligentes enxergando o poder transformador da educação atrelada à tecnologia”, afirma Isabel Costa, Gerente de Cidadania Corporativa da Samsung Brasil.

 

“O projeto apresenta uma excelente alternativa para a problemática a ser solucionada, uma vez que está intimamente relacionada com os estudantes e a comunidade rural em que vivem. Soluções criativas e inovadoras feita com o protagonismo dos estudantes para resolver um problema real. Essa é a aposta do Prêmio!”, afirma Caroline Marques, técnica de programas e projetos do Cenpec.

 

“Estar entre os finalistas do Solve for Tomorrow é motivo de muita alegria para nós. Não só pelo prêmio, mas pela caminhada rumo ao aprendizado. Isso é algo que os alunos vão levar pelo resto da vida. É importante para suas vidas acadêmicas, profissionais e até sociais, porque eles aprendem a lidar com a opinião do outro e trabalhar em equipe. Estamos muito gratos à Samsung pelo incentivo e pelas mentorias, que nos ajudaram a tirar a ideia do papel”, afirma a professora.

 

Seguindo o cronograma, as equipes finalistas seguem em mentorias técnicas on-line até 8 de novembro. Serão três vencedores pelo Júri Popular, com votação aberta entre 12 e 17 de novembro, e outros três vencedores nacionais, que serão definidos por avaliação da comissão julgadora também no dia 17. O anúncio dos vencedores acontece no dia seguinte, em 18 de novembro.

 

Solve For Tomorrow

 

Programa de Cidadania Corporativa da Samsung, o Prêmio Respostas para o Amanhã, iniciativa brasileira do Solve For Tomorrow, está no Brasil desde 2014, envolvendo mais 165 mil estudantes, 22 mil professores e 5 mil escolas públicas em 8.113 projetos inscritos. Mesmo ocorrendo de forma totalmente remota pelo segundo ano consecutivo, a 8ª edição do programa registrou um aumento de 22% na participação de estudantes, 40% na de professores e 52% na de escolas em comparação a 2020.

 

O programa, que faz parte do conjunto de projetos capitaneado pela visão global da marca “Together for Tomorrow! Enabling People”, busca capacitar futuras gerações para alcançarem seu pleno potencial por meio da Educação. E conta com uma rede de parceiros, como a representação no Brasil da Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura (UNESCO no Brasil), da Rede Latino-Americana pela Educação (Reduca) e da Organização dos Estados Ibero-americanos (OEI), além do apoio do Conselho Nacional de Secretários de Educação (Consed).

 

Para mais informações, acesse o site https://respostasparaoamanha.com.br/ ou baixe o aplicativo do Respostas para o Amanhã na Play Store.

Corporativo > Cidadania

Materiais de Imprensa > Press Release

Para temas relacionados a Atendimento ao Consumidor, por favor, acesse samsung.com/br/support.
Para solicitações de imprensa contate: samsungpr@cdn.com.br.

Confira as últimas notícias sobre a Samsung

Saiba mais
Início da página