Marketing para TVs: ações devem mostrar benefícios que superem expectativas do consumidor

on 08-08-2022 by Rodrigo Menezes
Share open/close
URL copiado

 

Para manter a liderança de mercado, independentemente do segmento em que atua, é necessário que uma marca saiba enfrentar desafios, apostando as fichas na inovação e em estratégias de marketing consistentes, confiando no potencial inexplorado de um público cada vez mais consciente de seu poder de escolha. Todas as ações com alto grau de assertividade estão voltadas a comunicar aos clientes – em potencial ou recorrentes – os benefícios tangíveis que eles vão obter ao optar por uma TV nova da marca em questão. O contexto, é claro, faz toda a diferença.

 

Este ano, principalmente por conta dos grandes eventos esportivos como o mundial de futebol, os consumidores estão mais abertos a fazer um upgrade de TV, e é nesse cenário que as telas grandes vão ganhar espaço. Se contarmos as novas tecnologias que tornam possíveis exibições em 4K e 8K, o público já terá alguns bons motivos para investir no que há de mais avançado e inovador no mercado – e é justamente neste ponto que uma estratégia de marketing bem executada cumpre seu papel decisivo na jornada de compra do cliente.

 

Para a marca, oferecer produtos com as maiores polegadas disponíveis já não é suficiente – ela precisa deixar claro que as tecnologias embarcadas são capazes de trazer, por exemplo, um grau de realismo e experiência até então inalcançável. Uma TV que ofereça garantia contra burn in (aquele efeito de sombra permanente na tela, tão indesejado quanto comum em aparelhos menos avançados) e níveis de brilho e contraste incomparáveis são diferenciais muito significativos. Para muitas famílias, a TV se tornou a central de automação da casa, capaz de controlar os aparelhos inteligentes para, entre outras funções, realizar chamadas de vídeo na TV usando a câmera do smartphone. Resta ao consumidor escolher qual TV mais tem a ver com seu objetivo e perfil.

 

Para tanto, as ações de marketing devem ser estimuladas em variadas frentes, junto às lojas e representantes de vendas, mas, principalmente, junto ao consumidor. O cliente é impactado diariamente por milhares de marcas e conteúdos orgânicos, em diferentes plataformas, no ambiente digital ou off-line e, muitas vezes, simultaneamente. A marca disputa um tempo cada vez mais escasso e concorrido na vida das pessoas, e cabe a ela entregar conteúdo correto, no momento oportuno. Com a evolução do mercado digital, os investimentos nesse meio deixaram de ser os mais baratos. Em um contexto em que muitos indicadores até então utilizados podem não ser efetivos para o negócio, é necessário encontrar e definir uma maneira objetiva para analisar os resultados. Nesse cenário, a melhor estratégia é simplificar e democratizar os dados para que até os não especialistas consigam interpretar e tomar ações de melhoria.

 

Além disso, são necessários esforços focados em grupos e tribos, por meio de parcerias com quem literalmente vive o universo para o qual a marca quer se dirigir. Os gamers, por exemplo, merecem saber que há uma TV feita especialmente para ajudá-los a ter uma performance ainda melhor nas partidas, e não há ninguém melhor do que os maiores streamers e pro-players do cenário para recomendarem o produto. Os apaixonados por decoração e design, outro exemplo, devem ter ciência de que existem TVs no portfólio da marca assinadas pelos designers mais premiados do mundo, enquanto a geração Z e aqueles mais ligados em inovação, só se identificam ao saber que uma TV é capaz de girar automaticamente para a posição vertical, emulando a tela do smartphone.

 

As possibilidades se mostram cada vez mais inesgotáveis, e o jeito certo de comunicar os variados benefícios de um produto é o que traz mais resultados. As restrições dos últimos anos mudaram os hábitos de consumo das pessoas, que passaram a buscar produtos voltados para conforto, entretenimento e facilidade para a rotina em casa. Nesse contexto, a TV se tornou o centro de diversão e conectividade da casa. Natural, portanto, que este item ocupe cada vez mais uma posição de destaque no dia a dia das pessoas. Às grandes marcas e suas estratégias de marketing, resta superar as expectativas a cada lançamento para não apenar manter a liderança já conquistada, mas renovar continuamente a confiança do consumidor.

TAGS

by Rodrigo Menezes

gerente sênior de marketing digital na divisão de Consumer Electronics da Samsung Brasil, empresa líder global no mercado de televisores há 16 anos, segundo pesquisa de mercado da Omdia.

Produtos > Monitores

Produtos > TV & Audio

Para temas relacionados a Atendimento ao Consumidor, por favor, acesse samsung.com/br/support.
Para solicitações de imprensa contate: samsungpr@cdn.com.br.

Confira as últimas notícias sobre a Samsung

Saiba mais
Início da página