Práticas sustentáveis: esforços ecológicos da Samsung para um amanhã melhor

on 26-03-2021
Share open/close
URL copiado

O Acordo de Paris, que visa limitar o aumento da temperatura global a 2°C – de preferência 1,5°C – foi adotado. Após um aumento em eventos climáticos extremos em todo o mundo, de temperaturas anormais a secas e tufões, países ao redor do globo chegaram à conclusão de que era necessário fazer mudanças em direção aos modelos de baixo consumo de carbono.

 

A fim de contribuir para enfrentar esta crise global, a Samsung Electronics tem desenvolvido formas sustentáveis de responder às mudanças climáticas em todos os aspectos de suas operações de negócios. Continue lendo para saber mais sobre as medidas implementadas pela Samsung que visam proporcionar a todos um amanhã melhor e mais sustentável.

 

Uso de energia renovável atinge 100% nos EUA, China e Europa

 

Em junho de 2018, a Samsung se comprometeu a ter todos os seus locais de trabalho nos Estados Unidos, China e Europa apoiando-se exclusivamente em eletricidade proveniente de fontes renováveis até 2020. Graças aos esforços incansáveis implementados desde então, 92% da energia utilizada nesses locais em 2019 foram gerados por fontes renováveis; em 2020, a empresa atingiu sua meta de energia 100% renovável para esses ambientes de trabalho. Os esforços da Samsung para usar energia renovável continuam em várias outras regiões do mundo, incluindo a Coreia.

 

Painéis solares em estacionamentos das instalações da Samsung em Suwon e Giheung, Coreia

 

 

Ao longo de várias instalações na Coreia, a Samsung implementou unidades solares e geotérmicas para a produção de energia renovável. Nas instalações da empresa em Suwon, Giheung e Pyeongtaek, equipamentos de geração de energia geotérmica foram instalados nos estacionamentos, edifícios, telhados e em novos locais em construção destas áreas.

 

Em cada uma de suas regiões operacionais ao redor do mundo, a Samsung desenvolveu e está implementando planos de ação regionais específicos para promover o uso de energia renovável, incluindo a compra do Certificado de Energia Renovável (Renewable Energy Certificate, na sigla em inglês REC) e contratos de compra de energia renovável (Power Purchase Agreements, na sigla em inglês PPA). Alguns exemplos desses planos de ação específicos para regiões são a assinatura de um contrato de fornecimento de energia renovável com fornecedores de energia eólica e solar na Índia; a compra de certificados de energia renovável no México; e os percentuais específicos de energia renovável definidos para os locais de trabalho da empresa no Brasil.

 

Produtos ecologicamente conscientes para a vida diária

 

Em 2008, a Samsung Electronics estabeleceu seu Conselho Ecológico Corporativo e começou a realizar reuniões regulares em suas várias unidades de negócios para apoiar o desenvolvimento de produtos com eficiência energética. Ao compartilhar tecnologias que ajudam a reduzir o consumo de energia e seguir tendências ecologicamente corretas, as equipes da empresa conseguiram desenvolver produtos que maximizam o desempenho e o consumo de energia simultaneamente. Os resultados alcançados por meio de iniciativas cooperadas também foram apoiados por esforços de toda a empresa para desenvolver produtos de alta eficiência energética.

 

 

Em 6 de janeiro, a Samsung Electronics revelou seu portfólio de produtos de TV para 2021 em seu evento virtual First Look e também anunciou os mais recentes programas de sustentabilidade de longo prazo da empresa, que incluem a inserção de controles remotos com material reciclado que dispensam pilhas.
As Neo QLEDs 2021 da Samsung virão com este novo controle remoto alimentado por energia solar que pode ser recarregado também por meio de iluminação artificial ou USB. Essa inovação ajudará a evitar o desperdício de cerca de 99 milhões de baterias AA ao longo de sete anos de uso¹.

 

A Samsung também está se esforçando para reduzir a emissão de gases de efeito estufa durante todo o ciclo de vida do dispositivo da TV, por meio da aplicação de plásticos reciclados. A Samsung tem usado materiais reciclados nas tampas traseiras de seus monitores e sinalização e agora planeja expandir seu uso para ainda mais componentes em todo o portfólio de dispositivos de exibição visual da empresa. Através de vários esforços, incluindo a expansão de seu design de Embalagem Ecológica para todas as linhas de TV 2021, a área de Visual Display da Samsung tem como objetivo reduzir as emissões de gases de efeito estufa em 25 mil toneladas anuais, equivalente à absorção desse tipo de gases em 3,8 milhões de pinheiros de 30 anos ao longo de um ano².

 

 

Ao usar smartphones Galaxy todos os dias, os usuários também podem ajudar a proteger o meio ambiente. A policetona, um material que contribui para a redução do monóxido de carbono (gás de efeito estufa), é usada pela Samsung em seus smartphones e tablets Galaxy desde 2016. Mais recentemente, para reduzir a pegada de carbono do produto, a Samsung aplicou policetona nas laterais principais dos apoios internos de sua linha Galaxy S21 5G³.
Ao buscar um design de embalagem mínimo e alterar os materiais usados ao longo de todo o ciclo de vida do dispositivo – desde a fabricação e distribuição até o uso e descarte – o smartphone Galaxy S21 5G³ da Samsung recebeu o certificado ‘Redução de CO2’ da Carbon Trust4, reconhecendo a redução dos gases de efeito estufa que o Galaxy S21 5G³ produz em comparação com o modelo anterior.

 

Além disso, a empresa reduziu o consumo de energia em modo de espera dos carregadores de smartphones de sua marca carro-chefe, Galaxy, desde 2012 para resolver o problema do desperdício de energia. Desde então, a empresa aplicou esse aprimoramento com consciência ambiental aos carregadores de dispositivos em toda a sua linha de produtos e, atualmente, tem como objetivo reduzir o consumo de energia em modo de espera dos carregadores para zero.

 

 

Imagem meramente ilustrativa das máquinas de lavar louça Samsung DW80R9950UG e DW80R7060UG

 

 

Quanto aos eletrodomésticos da Samsung, a missão de reduzir o consumo de energia dos produtos é contínua. As máquinas de lavar louça da Samsung também são eficientes em termos de energia. Em 2021, os modelos DW80R9950UG e DW80R7060UG vendidos nos EUA foram incluídos na lista 2021 das máquinas de lavar louça mais eficientes da Energy Star, atendendo aos critérios de uso anual de energia de menos de 240 kWh por ano e consumo de água inferior a 3,2 galões por ciclo para máquinas de modelos do tamanho padrão. Isso se traduz em 67 kWh por ano em economia de energia e 387 galões por ano na economia de água em comparação com um dispositivo convencional.

 

 

No negócio de semicondutores da empresa, um progresso sustentável notável também foi feito. Um total de nove produtos de memória chave – quatro soluções DRAM, três unidades de estado sólido (SSDs) e dois dispositivos de armazenamento incorporado (eStorage) – receberam a certificação de produto de Pegada de Carbono (Product Carbon Footprint, em sua sigla PCF) da Carbon Trust. Além disso, o 512GB eUFS 3.1 foi reconhecido com o primeiro rótulo de redução de CO2 da indústria de semicondutores.

 

A Samsung também tem feito esforços para a sustentabilidade desde o estágio de fabricação de materiais de embalagem para o SSD T7 Touch portátil, desenvolvendo um material de polpa ecologicamente correto para substituir os componentes da bandeja de plástico. Ao usar um terço a menos de embalagens de bandejas, substituindo-as por celulose ecologicamente correta e minimizando as emissões de gases de efeito estufa em toda a sua produção, a empresa economizou aproximadamente 84 toneladas de carbono.

 

Recebendo elogios e reconhecimento pela ecoeficiência

 

 

Seis modelos de refrigeradores Samsung vendidos nos EUA foram premiados com o ENERGY STAR, Prêmio de Tecnologia Emergente 2020 da Agência de Proteção Ambiental dos EUA (EPA). Todos os anos, a EPA, por meio de seu Programa ENERGY STAR, escolhe uma ou duas tecnologias inovadoras para seu Prêmio de Tecnologia Emergente. Em 2020, os prêmios reconheceram seis modelos de refrigeradores Samsung que atenderam com sucesso a três critérios de desempenho rígidos: (1) compressores supereficientes; (2) agentes de expansão com baixo teor de gases de efeito estufa para seu isolamento; (3) gases refrigerantes de baixo efeito estufa. Os compressores Digital Inverter da Samsung consomem cerca de 30% menos energia que os compressores de motor de indução de velocidade fixa e, portanto, também ajudam a contribuir para a redução das emissões de gases de efeito estufa.

 

 

O efeito estufa, causado pelo aumento do uso global de combustíveis fósseis, e as mudanças climáticas testemunhadas nos últimos anos são duas de nossas maiores ameaças. A Samsung continuará a monitorar a situação atual das mudanças climáticas e buscar dispositivos e processos de fabricação com eficiência energética, a fim de reduzir as emissões de gases de efeito estufa e promover o uso de energias renováveis.
A empresa também continuará a buscar suas políticas de aumento da eficiência energética e minimização do uso de recursos para que seus usuários possam ter a certeza de que estão fazendo a sua parte para ajudar a mitigar as mudanças climáticas com dispositivos que exigem baixa energia elétrica e oferecem alto desempenho.

 

¹ 7 anos é o ciclo de vida médio dos dispositivos de TV.
² Baseado em pesquisas internas.
³ Habilitado para a tecnologia 5G. Consulte a disponibilidade da sua operadora para mais detalhes. A velocidade real pode variar, dependendo do país, da operadora e do ambiente do usuário.
4 O Carbon Trust é um organismo de certificação sem fins lucrativos credenciado e estabelecido pelo governo britânico em 2001 para conceder a Certificação de Pegada de Carbono (Carbon Footprint Certification) para produtos e serviços ecológicos após uma avaliação abrangente das emissões de carbono produzidas ao longo de todo o ciclo de produção do produto.

 

Corporativo > Cidadania

Corporativo

Para temas relacionados a Atendimento ao Consumidor, por favor, acesse samsung.com/br/support.
Para solicitações de imprensa contate: samsungpr@cdn.com.br.

Confira as últimas notícias sobre a Samsung

Saiba mais
Início da página